quinta-feira, 30 de julho de 2009

condição humana: contradição+constrangimento

sempre que o filho da classe média for assaltado, sequestrado, ou morto, ele deverá saber que tais acidentes decorrem das contradições que definem a condição humana. as contradições estão acentuadas no modo de produção capitalista. quando um morador de rua me pede uma moeda, o "não tenho, amigo", a fim de evitar que me tomem o que neguei, substitui o "não!", "não, vai trabalhar!".
-tem uma moeda?
-tenho, mas é minha.
o filho da classe média com pretensões de militante anti-capitalista, está constrangido a defender o que é seu, a temer o assalto, a chamar a polícia caso ocorra; a desejar a instituição da pena de morte quando a violência atinge seus familiares, ou quando certas atrocidades chamam a atenção dos jornalistas. o discurso encontra seu limite assim que interesses socias são atingidos. interesses sociais e necessidades sociais: coisas de que não posso prescindir, não para viver, mas socialmente, de acordo com a classe a que pertenço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário