segunda-feira, 23 de novembro de 2009

produção e reprodução





a vida dos "artistas" é diariamente transformada em espetáculo. independente dos reality shows é possível fazer espetáculo sem um programa de televisão com contratos formais. quando pessoas mais ou menos conhecidas (dani bananinha) estão em público é possível aproveitar a oportunidade de produzir imagens, e a partir dela produzir uma história para ser vendida. as notícias do portal terra têm anúncios do itaú e do bradesco, de uma empresa de imóveis e do celular lg.
na notícia sobre luana piovani, "a atriz protagonizou cenas quentes com o namorado". vida cotidiana convertida em espetáculo. claro, além do itaú e do bradesco - empresas com responsabilidade social - a própria luana piovani (ou qualquer uma das outras) é agente da espetacularização da própria vida.
os leitores fazem comentários sobre as notícias, embora seja exatamente a mesma notícia nos quatro casos. não são poucos comentários, mas são os mesmos. comentários de quem vê gostosas de bikini na praia. gostosas famosas, no caso. e não na praia, mas na tela de um computador, embora a foto seja na praia; em seu computador de trabalho, um trabalhador medíocre de escritório, em horário de almoço tem, assim, a oportunidade de renovar os temas de seus comentários vazios com os colegas, além de interminável disponibilidade de entretenimento repetido.

2 comentários:

  1. Uma ressalva a moda praia dessa estação...
    um show!

    ResponderExcluir
  2. "[...] entretenimento repetido" e repertório de bundas para sonhar: imaginar a esposa, a namorada, a possível "amor da vida", todas, com um corpo espetacularizado e desejado. Espetáculo e desejo são congêneres. Ou não? Acho que partilham de um espaço e constroem a publicidade da vida cotidiana [a vida hoje pode, em muitos casos, acabar sendo uma seqüência de anúncios; alguns são vendáveis, outros podem comprar, muitos estão falidos, mas, mesmo assim, desejam e trabalham], cotidiana de merda, por que não? Fedor perpassa.

    "a mesma fedentina do dia anterior"... ou algo assim... Chico Science e Nação Zumbi, Da lama ao caos, acho.

    Boa noite [William Bonner style (em inglês para ficar fitoso)].

    ResponderExcluir