sábado, 5 de junho de 2010

sonhos roubados


certos filmes sobre favela são feitos como são feitos os documentários sobre vida selvagem. nesse caso o cineasta parce colocar-se a missão de apenas mostrar a realidade dura da vida do favelado, as coisas como são de fato; como se fosse dispensável dizer qualquer coisa; como se não houvesse nada a dizer. cria-se a narrativa mais simples, apenas com o cuidado de não entediar o espectador. a savana, a zebra, o leão... as câmeras e a música produzem a tensão que prepara para o previsível. o máximo que se provoca no espectador é a torcida para que a zebra escape, o que dificilmemte acontece. a compaixão pela morte da zebra vai apenas até o ponto em que se percebe que, afinal, há muitas zebras na savana; a raiva contra o leão vai até o momento em que se aceita a legitimidade do exercício de sua força como questão de sobrevivência.
sonhos roubados parte do pressuposto da passividade do favelado, cujas ações, diante de sua realidade dura, não passam de atitudes defensivas irracionais; cujos sonhos (roubados) são versões distorcidas e de mal gosto dos sonhos da classe média civilizada.
a participação de mv bill revela o projeto ideológico por trás de um filme como esse. mv bill venceu isoladamente a realidade dura da favela, para cantar rap na mtv, na globo, e para fazer propaganda da nextel. (a nextel tem uma série de propagandas protagonizadas por personagens cuja marca é o empreendedorismo capaz de transformar o próprio destino e a realidade em geral). mv bill é a excessão que agrada o indivíduo progressista da classe média, como exemplo de que o pobre não precisa ser pobre, nem bandido, se não quiser ser.

Um comentário:

  1. Para problemas individuais, soluções individuais. Isso agrada a classe média progressista. E agrada muito mais os grandes proprietários.

    Soluções individuais podem partir de todos. Nem só dos que vencem como o MV Bill.

    Soluções individuais

    http://www.youtube.com/watch?v=U2i6N9oouNY

    ou coletivas?

    http://www.youtube.com/watch?v=h2b28gtYneE

    ResponderExcluir