domingo, 26 de dezembro de 2010

conversa com a parede

1- sempre que os melhores homens da classe média argumentam contra o absurdo da utopia da sociedade igualitária, aparece a noção de natureza humana. para eles, é devido à natureza humana o fato de os homens serem diferentes, e é devido à diferença entre os homens que há legitimidade na exploração, na dominação e no controle que uns aplicam sobre outros. com esse argumento os melhores homens da classe média dispensam o conhecimento da história, para defender que "sempre foi assim", e por isso assim será eternamente.

2- o governo do pt esteve desde o começo, e estará até seu fim, comprometido com a defesa dos interesses das elites. mas os melhores homens da classe média odeiam os programas sociais do pt. o assistencialismo do governo lula, cuja função é o apaziguamento da luta de classes - ... -, além de dar algum conforto aos miseráveis, protege de agitações mais comprometedoras o modo de vida da classe média. mas o bolsa família é entendido como uma ofensa ao valor do trabalho no qual se apóia toda a abundância de misérias que um bom salário pode comprar para a classe média; felicidade de shopping center, terapia de casal, colégio particular, carro particular, prostitutas de luxo, psicólogo para as crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário