sábado, 29 de janeiro de 2011

experiência e pobreza

o filho da classe média estudante de ciências humanas sai do supermercado com suas pequenas compras de fim de semana. do lado de fora do supermercado, um homem, uma mulher, uma criança, um cachorro, todos sujos, todos tristes: "dá uma moeda... 10 centavos já ajuda ..."
o filho da classe média estudante de ciências humanas, por saber que um gesto solidário não mudará em nada a estrutura de reprodução da acumulação capitalista, mantém em seu bolso os 10 centavos. o estudante de ciências humanas filho da classe média sente culpa, consciência pesada, indignação, frustração e impotência diante da crueldade do mundo. toda essa agonia dura longos 15 minutos, até chegar em casa e abrir o portão, abrir uma cerveja, abrir o facebook, abrir um bom livro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário