sábado, 25 de fevereiro de 2012


a escola existe por duas razões:
1- para que os pais não percam tempo com crianças e possam dedicar sua existência ao trabalho sem sentido, mas assalariado.
2- para que, desde cedo, as crianças sejam acostumadas a acreditar que responsabilidade é estar obrigado, que tempo é dinheiro, que a família tradicional é o objetivo natural do ser humano, e (em casos mais graves) acreditar que cristo sacrificou-se para salvá-las do pecado.

Um comentário:

  1. fragmento meio panfletario... que se pa tem a ver: "... A crítica da epistemologia desmascara a aparência e expões a falsidade das pretensões científicas à neutralidade descritiva. Mas a modernidade não é definida apenas pelo conhecimento científico; ela se caracteriza ainda pela aplicação coercitiva da 'racionalidade científica' à formação de agentes sociais úteis, ou seja, de membros da sociedade responsáveis pela manutenção da ordem social. Esta, por sua vez, é assegurada precisamente pelo cultivo de sujeitos humanos que agem como se estivessem habilitados a entender o mundo pela observação, e que, portanto, jamais conseguem penetrar além de sua aparência. A crítica da epistemologia, animada por suas motivações éticas, expõe a natureza coercitiva da modernidade, revelando o indivíduo moderno (muitas vezes equiparado ao 'sujeito humanista')criado em sujeição..." Allen e Smith (1997)

    ResponderExcluir