domingo, 26 de fevereiro de 2012


se a formação das crianças fosse responsabilidade de quem as colocou no mundo, o mundo seria menos monótono.
um pai que se colocasse a responsabilidade de apresentar ao filho mais que o time de futebol pelo qual ele deve sofrer, talvez não tivesse motivos para acreditar que fosse dever da escola cumprir o papel que sua ignorância não lhe permite cumprir.
deste modo talvez não passasse pela cabeça dos pais a necessidade de entregar seus filhos a professores especialistas, detentores de conhecimentos indispensáveis (os logarítimos, a fisiologia celular, o período regencial, etc).

Nenhum comentário:

Postar um comentário