quarta-feira, 21 de março de 2012

parafusos .2


"Além disso é inteiramente indiferente o que a consciência sozinha empreenda; de toda essa porcaria conservamos apenas um resultado, a saber: que esses três momentos - a força de produção, o estado social e a consciência - podem e devem entrar em contradição entre si, porque, com a divisão do trabalho fica dada a possibilidade, mais ainda, a realidade, de que a atividade espiritual e a material [,a atividade e o pensamento, isto é, a atividade sem pensamento e o pensamento sem atividade] - a fruição e o trabalho, a produção e o consumo - caibam a indivíduos diferentes." marx e engels, a ideologia alemã

Nenhum comentário:

Postar um comentário