domingo, 25 de março de 2012

realidades

as ruas da cidade, o interior decorado dos apartamentos e as salas de espera dos consultórios médicos são cenários construídos para a encenação diária de relações falsas.
o respeito ao patrão que eu odeio, o sorriso ao colega de escritório que não conheço, a conversa mecânica mantida com a família que não me conhece, são as ocasiões para desmpenhar bem papéis tão variados e necessários para o cultivo de neuroses multiplas e indispensáveis. a irrealidade do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário